terça-feira, setembro 28, 2010

Já não há pachorra, apre!

Os portugueses não suportam mais impostos diz, com total despudor, a maltosa da direita, mas suportam, claro está, cortes nas reformas, nas pensões, nos salários, no subsídio de desemprego e nos cuidados de saúde que é, no essencial, o que traduz a diminuição de despesa que preconizam. Pior só mesmo Rasputine Louçã, aumentar despesa e diminuir receita.





João Paulo Pedrosa

sábado, setembro 25, 2010

Metáfora do dia, esta também é a minha praia


S. Pedro de Moel, ainda há pouco

João Paulo Pedrosa

sexta-feira, setembro 24, 2010

O recado


Ontem, acompanhei a visita do Sr Presidente da Republica aos três concelhos mais pequenos do norte do distrito de Leiria (Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e Pedrogão Grande). No início da tarde, fomos despedir-nos do Chefe de Estado, já que tínhamos de regressar aos trabalhos do Parlamento. Virando-se para os deputados do PSD (Passos Coelho tinha acabado de anunciar que recusava colaborar na negociação do orçamento) o PR diz-lhes, "recomendo-vos ponderação, bom senso e sentido de responsabilidade". Deu para corar...


João Paulo Pedrosa

Esta é a minha Praia




João Paulo Pedrosa

quinta-feira, setembro 23, 2010

A gesta benfiquista por esse mundo fora

É assim, facilmente constatável, a grandeza do Benfica. Na passada semana, na Catedral da Luz, dois niponicos vibravam entusiasticamente com o jogo do Benfica. Vestido a rigor e animados com o ambiente, aceitaram dar este público testemunho. O maior clube do mundo, sabem eles.


João Paulo Pedrosa

terça-feira, setembro 14, 2010

Pedro Fidel Passos Castro Coelho

Em Cuba é a CTC (central dos Trabalhadores de Cuba) que anuncia ao país e ao mundo que no Estado de Fidel vão ser despedidos um milhão de trabalhadores, reconfortados, neste paraíso dos direitos dos trabalhadores, com um entusiasmante incentido ao empreendorismo, "criem o vosso próprio posto de trabalho".
Isto era tudo o que Passos Coelho gostaria de ter para Portugal.



João Paulo Pedrosa

domingo, setembro 12, 2010

A maldição de Ícaro



Acabei de cair (partindo-a) da minha figueira, se alguém mais ousar dizer - não vou contigo aos figos - a frase estafada mais vezes ouvida e repetida em toda a minha vida, querendo afirmar, claro está, uma real aptidão para a função, informo, desde já, que não responderei por mim.



João Paulo Pedrosa

sábado, setembro 11, 2010

Quem me ajuda a ver claro, por favor


O Olegário é meu amigo, é meu apoiante, é um homem sério, mas nunca acerta uma com o nosso Glorioso SLB, à excepção de quando, na velhinha Catedral da Luz, rejubilávamos com as vitórias do nosso clube. Neste momento aquilo que mais me inquieta é saber se o Olegário pode voltar a ser benfiquista, se pode alguma vez mais sentar-se ao meu lado para ver os jogos do nosso clube. Coisa estranha esta da natureza humana...


João Paulo Pedrosa

sexta-feira, setembro 10, 2010

Ontem Leiria, hoje Marinha Grande, amanhã Moita, segunda Peniche


Prossegue, com grande participação dos militantes do distrito, a minha campanha com vista à eleição para Presidente da Federação Distrital de Leiria, sob o lema - "A União Faz a Força.
O Dr Cândido Ferreira, reputado médico, romancista e defensor de todas as causas relevantes de cidadania, sobretudo aquelas que dizem respeito aos mais desprotegidos, aceitou, para grande satisfação minha, ser o mandatário da candidatura. Agradeço-lhe penhoradamente a honra que me deu.



João Paulo Pedrosa

segunda-feira, setembro 06, 2010

Pequeno ensaio sobre a dádiva


Sinto-me (quase sempre) num doloroso estado de alma nestes momentos. A partilha anda, paradoxalmente, de mãos dadas com o egoísmo. Reparem.
O D. José, assim mesmo, sem link nem morada, é um f-a-b-u-l-o-s-o restaurante no Bombarral. No rés-do-chão de uma casa de habitação, lá estão, para nos regalar a vista, logo à entrada e debaixo da escada que dá para o primeiro andar, as inúmeras recomendações do Guia Michelin e não é para menos. É tudo fantasticamente bom, o pão, a manteiga, as azeitonas, os panados de linguado, o tártaro, as alcaparras, a feijoada, as lulas de peniche fritas, a mousse de manga com frutos silvestres, o vinho e até o imperdível final com a inigualável e caseirinha aguardente amarela.
Mas por favor, agora que partilhei, generosamente, convosco, este segredo, peço-vos encarecidamente, não invadam o D. José, não façam fila com uma senha de inscrição tirada à porta, nem se espojem pela rua fora com a avidez do fim dos stocks nas épocas de saldos. É que para se gostar do D. José é preciso mantê-lo tranquilo - não digam a ninguém!



João Paulo Pedrosa

quarta-feira, setembro 01, 2010

Elias Garcia

Autarca, deputado e membro da Maçonaria, uma grande figura do século XIX português. O seu nome é recordado em inúmeros topónimos deste país sem que muitos saibam, em concreto, as razões que o justificam. Se um dia tivesse que escolher um nome de rua para morar, escolhia um nome assim.



João Paulo Pedrosa