sábado, julho 31, 2010

A propósito do post anterior


A propósito deste filme, apetece-me perguntar, ó Cristiano ela é parecida com a Isabel (ele, se estivesse penteado, era a tua cara)?


João Paulo Pedrosa

O filho do Cristiano Ronaldo

deu origem a estafada polémica, pelo recurso à maternidade de substituição, com os patrulheiros do costume a não perderam tempo a vergastar-nos com a ideia, mirífica, de que toda a criança precisa de um pai e de uma mãe, constituindo isso, no conjunto, um modelo perfeito de família.
Pois, nada mais falso! Uma criança precisa é de alguém que lhe dê um projecto de vida.

Há "pais" e "mães" abomináveis, abjectos e repugnantes a merecer todo o tipo de sevícias pelo uso de tão nobre e responsabilizante estatuto, pois não apresentam qualquer tipo de competência para criar filhos já que, muitos deles, os negligenciam e maltratam no seio familiar.

Projectos de vida podem, portanto, ser dados por pais e mães (é claro e óbvio, poupem-nos a estas evidências que temos que enunciar como se fossemos néscios), mas também por avós, por tios, por primos, por adoptantes, só por mães ou só por pais individualmente, no essencial, um projecto de vida para uma criança é (talvez) a maior responsabilidade civilizacional que recai sobre cada um de nós, é por isso que não deve estar ao alcance de todos, nem tão pouco acometida ao exclusivo domínio de modelos de organização familiar que umas vezes resultam e outras não. Dar um projecto de vida a uma criança é também tarefa para a cidadania, homens e mulheres que têm nas suas mãos e à sua responsabilidade o mundo e o coração. Ter consciência disso é meio caminho para nascerem mais crianças felizes e mais Pais também...

Não sei quanto pagou Cristiano Ronaldo, estou em crer que ele também é fiel àquela velha máxima africana que nos diz, "ser rico é ter filhos".






João Paulo Pedrosa

Abaixo os marshmallows, vivam as touradas

Levados (talvez) pelo predomínio da vulgata totalitária que acabou com as touradas na Catalunha, esta canalha cá de casa decidiu não me acompanhar à próxima lide taurina da Nazaré, mas obrigaram-me hoje, agora mesmo, a assar marshmallows, um purgante esponjoso que, pelos vistos, faz as delícias dos americanos.
O mundo ainda não está totalmente perdido, mas para lá caminha...



João Paulo Pedrosa

segunda-feira, julho 19, 2010

Orgulhoso

Não sou muito dado a vaidades pessoais, à excepção, confesso, dos afectos, das pessoas de quem verdadeiramente gosto, todavia abro hoje aqui uma excepção pala falar de uma obra pública, desta obra em concreto.
Depois da câmara da Marinha Grande ter ganho a Leiria a instalação do Museu Joaquim Correia, ficou por construir um novo edifício para albergar as esculturas de grande porte do autor e que se estavam irremediavelmente a deteriorar em espaços insalubres.
Enquanto Vereador da Cultura deixei pronto este projecto, feito aos poucos, nas horas vagas e sem custos, pelo Arquitecto Alexandre Fava e sempre com o acompanhamento da família de Joaquim Correia, o executivo anterior iniciou a obra e este concluiu-a. Nada poderia ser mais perfeito.
Passei lá há pouco e fiz este registo fotográfico de telemóvel para compartilhar com os leitores. É uma obra muito bonita que honra a história e o prestígio do Escultor Joaquim Correia e honra todos os marinhenses. Há dias felizes...



João Paulo Pedrosa

Do outro lado que é deste lado

Foi um hábito que ganhei, sempre que posso, por causa também do Praça Stephens, ando com a máquina fotográfica atrás. Na sexta-feira, em S. Pedro de Moel, houve uma alma caridosa, neste caso Hélder Roque, médico e presidente do do Hospital de Leiria (melhor médico, dirigente e benfiquista que fotografo), que acedeu deixar assinalada a minha presença no jantar.


João Paulo Pedrosa

sábado, julho 17, 2010

Sócrates em Leiria, uma iniciativa plena de êxito




Grande jornada tivemos nós, ontem, em S. Pedro de Moel, numa iniciativa do Secretário-Geral do PS com personalidades da sociedade civil. A julgar pela presença, entusiasmo e simpatia dos presentes por José Sócrates é caso para lembrar, como alguém disse, as notícias sobre a minha "morte" são manifestamente exageradas.




João Paulo Pedrosa

quinta-feira, julho 08, 2010

La falsa moneda - Buika

terça-feira, julho 06, 2010

Elis Regina - Como Nossos Pais

Viver é melhor que sonhar, diz Elis Regina e eu acredito.




João Paulo Pedrosa

A frase do dia

foi agora dita por Augusto Santos Silva e é uma excelente imagem da nossa realidade político-partidária actual. Diz Santos Silva, " a extrema-esquerda (leia-se PCP e BE) carrega o andor da direita para o poder, neste caso, é melhor tratar de quem lá vai em cima do que dos ajudantes que o carregam".



João Paulo Pedrosa

Jornadas Parlamentares, o aperfeiçoamento doutrinário


Paulo Pedroso diz que a principal característica do Socialismo Democrático foi, durante o século XX, a sua enorme capacidade de se adaptar a cada um dos momentos e a cada um dos contextos históricos.

Apontou como principal virtude a intenção emancipatória e como principal constrangimento a adesão excessiva à liberalização.

O caminho não é o estado garantia (eufemismo da direita política para o estado mínimo), mas sim a manutenção do edifício do Estado social com respostas de protecção e segurança às classes médias e um regresso ao pensamento solidário.

Foi uma excelente reflexão, clara e lúcida como é, aliás, hábito no discurso político de Paulo Pedroso.




João Paulo Pedrosa

segunda-feira, julho 05, 2010

Jornadas Parlamentares, o debate

Ferro Rodrigues e Mário Soares problematizam os constrangimentos da crise europeia e mundial. Boa discussão, mas ainda não há soluções claras e inequivocas para salvar o modelo social europeu, ou seja, soluções para salvar a sociedade tolerante e de bem-estar que caracterizou a Europa nos últimos 50 anos. Nesta época de transição e de incerteza é incontornável voltarmos à ideologia. É uma espécie de regressão criadora.



João Paulo Pedrosa

Jornadas Parlamentares do PS - Lisboa

Estão a decorrer as Jornadas Parlamentares do PS em Lisboa, o Refeitório dos Frades foi o espaço encontrado para a discussão do tema escolhido "O Socialismo Democrático e a Crise Económica e Social".



João Paulo Pedrosa

sexta-feira, julho 02, 2010

Elis Regina - Fascinação - Transversal do Tempo - 1978

Ontem, a propósito de uma coisa que me lembro bem, dizia-me um amigo incontornável, "nada acontece por acaso". Estou plenamente de acordo. Elis Regina, a maior e a mais fantástica de todas as divas da música aí está para o confirmar.




João Paulo Pedrosa

quinta-feira, julho 01, 2010

Cesária Évora - Saudade